Esterilidade Feminina: Como Lidar

Esterilidade feminina
Lidar com a Esterilidade Feminina é um grande problema, pois envolve muito mais do que um distúrbio, envolve todo o emocional. (Foto: Divulgação)

Problemas com a ovulação são a causa mais comum da Esterilidade Feminina. Sem a ovulação os óvulos não estarão disponíveis para a fertilização. Mas, lidar com esse problema parece mais difícil do que realmente parece, e só quem passa pelo problema sabe o quanto ele pode ser sofrido.

Sinais de problemas com a ovulação incluem ciclos menstruais irregulares ou falta de menstruação. Lidar com a Esterilidade Feminina é um grande problema, pois envolve muito mais do que um distúrbio, envolve todo o emocional. Muitas mulheres precisam lidar com problemas assim todos os dias, mas algumas simplesmente se sentem perdidas e não sabem o que pensar, buscando muitas vezes a resposta para tudo que acontece.

Não tem nada melhor do que saber de alguém como ela conseguiu lidar e passar por cima de todos os problemas que a esterilidade feminina lhe causou. Saiba como lidar com esse problema mais comum do que pensamos.

Saiba como lidar com a esterilidade feminina

Confira o depoimento de Karina, Psicóloga. Alguém que descobriu ser estéril e como ela resolveu lidar com esse problema:

“Imaginem então como foi receber essa notícia, aos 26 anos, com tantos planos futuros… Foi arrasador, frustrante demais… Chorei muito… Sofri muito… Mas me reergui!! E decidi, não vou aceitar essa condição… Posso crer e aceitar todas as demais sequelas que o adoecimento me trouxe, mas não essa!!
Tenho certeza que Deus sabe o tanto de amor que eu tenho dentro de mim e o quanto eu posso oferecer ao receber em meu ventre um de seus filhos… Portanto vou entregar essa minha mais nova condição nas mãos Dele e acreditar em um milagre e que o melhor irá acontecer quando for o meu momento!!
Pelo que eu entendi, o que acontece comigo é que me falta os hormônios sexuais que realizam o processo de ovulação, então na realidade meus ovários e útero são normais e saudáveis, o problema está em alguma lesão na hipófise… E hoje eu estava pensando em uma hipótese: Será que essa minha infertilidade é uma sequela da cirurgia hipófisaria, como disse a médica, ou se pode ser culpa do tumor que ainda me restou na hipófise? Me resta essa dúvida para próxima consulta!!!
Bom eu acredito muito em Deus e em toda a programação divina que foi feita para a minha existência, assim como acredito na evolução da ciência e também não rejeito a possibilidade de uma futura adoção caso a Infertilidade seja realmente algo irreversível….
Já pesquisei também e encontrei uma possibilidade no Processo de Fertilização que permite a doação de ovulos de outras mulheres que tenham um parentesco comigo, como minha mãe e irmã… Portanto apesar de ter sido uma notícia muito triste, sempre existe solução para as coisas, e nada melhor do que pesquisar essas soluções, se informar, racionalizar, elaborar os sentimentos e tocar para frente… Mas isso para mim né…!! Tem pessoas que acham melhor não se informar de nada… Mas eu, felizmente ou infelizmente, sou uma pessoa que vive o presente, mas que nunca deixou de planejar, pensar sobre o que será o meu futuro, posso até sofrer um pouco mais que as demais pessoas que vivem somente o presente, mas essa sou eu realista, mas sonhadora, preocupada, mas otimista, que planeja, mas que também plasma aquilo que deseja e idealiza para o meu futuro!!”
Quer saber o que a Karina disse mais sobre a esterilidade feminina? Então entre no seu Blog “Condenados à Liberdade”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *