Calos nos Pés com Salto: Tratamento

calos pés salto
No final de um dia com salto, o resultado são calos. Saiba como trata-los. (Foto: Divulgação)

Ser mulher não é nada fácil. Ter que lidar com TPM, dores do parto e ainda sim, se manter em cima do salto é bem complicado, mas as mulheres dominam muito bem essa arte. Embora seja lindo uma mulher usando saltos, o uso constante pode causar Calos nos Pés com Salto, o que requer tratamento apropriado.

Muitas mulheres precisam trabalhar de salto todos os dias, outras usam todos os dias por ser um hábito e por não gostar de sapatos baixos. O uso constante de salto alto acaba prejudicando tanto a coluna, como os próprios pés femininos, pois “carregam” diariamente a carga de um corpo inteiro em uma base bem menor do que a habitual, equilibrando-se em um salto fino.

No final do dia, o resultado são calos,  e esses calos causados pelo uso do salto podem deixar a aparência dos pés bem prejudicada. Por isso, confira aqui algumas dicas de como tratar os calos nos pés causados pelo uso do salto.

Como tratar calos nos pés por causa do salto

  • Hidratantes com uréia: a uréia é uma substância própria do corpo humano, que é formada no fígado, filtrada nos rins e expelida através da urina e do suor. Ela é responsável pela regulação da água de nossa pele, hidratantes que contenham uréia em sua composição são ótimos cicatrizantes
  • Óleo de camomila: serve para amaciar e hidratar a pele, você pode usar o óleo e passar uma pedra porosa ou uma lixa especial em seguida. Lembre-se que o uso da lixa não deve ser diário, uma vez por semana é o suficiente.
  • Óleo de mamona: também é um ótimo hidratante e pode ser usado diariamente.
  • Coloque uma rodela de cebola crua sobre o calo e envolva em uma gaze, deixando ela no local até que o caroço do calo se solte.
  • Existem também produtos como esparadrapos com ácido salicílico, que servem para amolecer os calos, que saem junto com o esparadrapo. Como trata-se de um ácido é preciso tomar cuidado com a pele em volta ao calo, para evitar que ela seja prejudicada pelo produto, passe vaselina ao redor do calo, aplicando o esparadrapo somente no local onde está o calo.
  • Amasse um dente de alho e misture com óleo de oliva quente, aplique a pasta sobre o calo e envolva com uma gaze. Você pode repetir esse processo até o calo secar.
  • Para as mãos uma dica bacana é fazer uma esfoliação suave duas vezes na semana e também não esquecer de usar um hidratante adequado todos os dias.
  • Não corte o calo, isso pode causar infecções e sangramento.
  • Para aliviar um pouco do desconforto e da dor coloque gelo no calo, isso ameniza o inchaço e ajuda a diminuir a dor. Você também pode deixar os pés de molho em água com chá de camomila, que faz com que a pele relaxe e fique macia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *