Cuidados na Amamentação

Cuidados na amamentação
A amamentação é muito importante para a saúde do bebê, por isso é necessário tomar alguns cuidados para evitar certos problemas. (Foto: Divulgação)

Ter um filho é uma responsabilidade e tanto na vida de uma mulher. Poder gerar uma vida e proporcionar a chegada dela ao mundo é algo especial e intransferível. Embora a gravidez traga muitos benefícios, pode trazer também alguns prejuízos, necessitando de extremo cuidado desde o momento da gestação até o período pós-parto.

Desde o período da concepção do feto a mulher já deve se preocupar e buscar acompanhamento médico para que tudo ocorra bem durante a sua gestação. Durante a gravidez é importante ter cuidado com alimentação, aparecimento de estrias, retenção de líquido, entre outras coisas. No momento pós-parto, uma das maiores preocupações da mulher é em relação a amamentação, quais são os devidos cuidados na amamentação.

Nem todas as mulheres possuem conhecimentos desses cuidados, principalmente as primíparas, ou seja, aquelas mulheres que tiveram o seu primeiro filho. Existem alguns problemas que são muito comuns na amamentação, por isso é necessário uma série de cuidados, pois a amamentação é extremamente importante para a saúde do bebê.

Problemas e Cuidados na Amamentação

Ingurgitamento mamário

É um problema mais comum em primíparas e normalmente aparece no segundo dia pós-parto. Ocorre devido um aumento da vascularização e congestão vascular das mamas, além do acúmulo de leite. Esse problema pode atingir a aréola, o corpo da mama ou ambos. Quando isso acontece com a mãe, o bebê não consegue mamar bem e o processe de amamentação se torna doloroso para a mãe e bem frustante para o bebê, devido a dificuldade da saída do leite.

Cuidados

  • Mantenha as mamas sempre elevadas com sutiã apropriado
  • Faça compressas frias entre as mamadas para que a vascularização seja diminuída
  • Faça compressas quentes antes das mamadas, pois isso facilitará na saída do leite
  • Amamente com frequência e se precisar extraia o leite manualmente ou com bomba de sucção

Hipogalactia (diminuição do leite)

Uma das queixas mais comuns por parte da mãe é a diminuição do leite no momento da amamentação. Isso está relacionado muitas vezes com a insegurança materna, ou seja, a mãe acaba interpretando diversos choros como um choro de fome. Nem sempre a causa é essa, pois a insuficiência do leite materno pode acontecer. Para avaliar se o leite está sendo suficiente ou não, é observado o número de micções por dia, tendo que estar entre 6 a 8 vezes no mínimo.

Cuidados

Frente a uma insuficiência de leite materno, a mãe deverá procurar o doutor, que irá lhe aconselhar a complementar o leite materno, e não substituí-lo por leite artificial, afinal, a criança necessita dos nutrientes do leite da mãe. Verifique se o bebê está pegando o seio da mãe corretamente e se está conseguindo realizar a sucção normalmente. Além disso, outros fatores estão ligados a queda da produção de leite, fatores esses que reduzem os níveis de prolactina, hormônio responsável pela fabricação do leite.

Traumas nos mamilos e Mastite

Os mamilos da mãe podem sofrer diversos traumas no momento em que o bebê realiza a sucção do leite. A mastite é uma inflamação que ocorre nos seios devido algum trauma, causando fissuras nos mamilos. Independente da causa do trauma, alguns cuidados são essenciais para evitar certos problemas.

  • Mantenha os mamilos sempre secos
  • Após as mamadas, procure passar algumas gotas de leite nos mamilos
  • Sempre amamentar com o seio menos lesado
  • Variar o posicionamento das mamadas, de modo a evitar que a área lesada seja pressionada
  • Use cremes com vitamina A e D

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *