Aumentar o Bumbum com Exercícios

Muitos acham que não, mas é possível ter o bumbum durinho e maior do que se imagina. Tudo isso através de exercícios. (Foto: Divulgação)
Muitos acham que não, mas é possível ter o bumbum durinho e maior do que se imagina. Tudo isso através de exercícios. (Foto: Divulgação)

Manter o físico em dia é essencial, tanto para nossa auto estima, como para nossa saúde. Não tem momento melhor para você estar com o corpo firme do que no verão. Vai à praia e fica com raiva daquela mulher com o bumbum durinho e firme? Saiba de alguns exercícios para aumentar o bumbum.

Claro que não existe milagre, e para aumentar significativamente seu bumbum só na base do silicone. Mas, o que pode ser feito para melhorar sua aparência? Para que seu bumbum pareça maior, existem exercícios que vai empina-lo e deixa-lo mais definido, o que com certeza deixará ele maior do que é.

Sem muito sofrimento e sem passar todos os dias enfiada em uma academia, confira os exercícios que nós separamos para você e aumente seu bumbum sem nem sair de casa.

Dicas de Exercícios para aumentar o bumbum

  • O primeiro exercício é realizado com os braços flexionados e apoiados no chão, coluna reta e pernas com joelhos também apoiados no chão. Com a perna flexionada, realize elevação de uma das pernas e mantenha a outra com o joelho apoiado. Repita os exercícios alternando as pernas, realizando 3 séries de 10 repetições com cada perna. Ao alternar o exercício entre as pernas, repouse por cerca de 45 segundos.
  • O segundo exercício também é realizado na mesma posição, com braços flexionados e apoiados e pernas também flexionadas e apoiadas. A diferença é que dessa vez você manterá uma das pernas esticadas na altura do corpo e o exercício será realizado através da flexão de perna, ou seja, comece a flexionar sua perna realizando 3 séries de 10 repetições, repousando 45 segundos entre as pernas.
  • O terceiro exercício é realizado na mesma posição que os exercícios anteriores, a diferença é que a perna que realizará o exercício ficará esticada na altura do corpo e realizará elevações, continuando esticada. É importante lembrar de não compensar o exercício e ficar atento para que o corpo não modifique sua postura enquanto realiza o exercício. Nesse exercício também realize 3 séries de 10 repetições com 45 segundos de descanso.
  • O quarto exercício é feito de maneira diferente. Com o corpo deitado na lateral e com a cabeça apoiada com um dos braços, flexione as pernas e deixe-as juntas. Com a perna que ficou na parte externa, ou seja, a perna que não está apoiada no chão, faça movimentos de “estica e dobra”, voltando o joelho sempre em direção ao chão de maneira diagonal. Realize o exercício com 3 séries de 10 repetições com 45 segundos de descanso ao alternar entre as pernas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *