Dormir com fome prejudica a diéta

Dormir com fome ao contrario do que muitos pensam, não é nada bom, pode ser tão desastroso para quem precisa perder medidas quanto atacar a geladeira no meio da noite. Ao invés de ajudar o organismo a eliminar os quilos a mais, a estratégia pode até reverter o processo, dependendo da freqüência com que é utilizada.

Num regime não é interessante passar por longos períodos de jejum. Quem vai dormir de barriga vazia tende a sentir uma fome desproporcional no café da manhã e acaba comendo mais do que deveria.

É o mesmo raciocínio para quem tem o hábito de não tomar o café da manhã. Sem alimentos, o organismo vai compensar a falta de nutrientes absorvendo ao máximo as calorias ingeridas na refeição seguinte e diminuindo a taxa de metabolismo basal, que determina a quantidade de energia gasta quando o corpo está em repouso. Esse processo, de muita fome e digestão diferenciada é chamado de “rebote”. Muitas vezes, trata-se do grande vilão das dietas frustradas, por pressa ou falta de informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *