Barriga Negativa é Saudável?

barriga negativa

A barriga negativa foi um termo escolhido para dar para as barrigas chapadas e saradas. (Foto: Divulgação)

Ter uma barriga chapada e sarada é uma das metas da maioria das mulheres este ano. Mas, nem todas vão pelo lado saudável, e acabam apelando para o lado mais radical das dietas. Agora a moda é ter uma barriga negativa. Nunca ouviu falar?

A barriga negativa foi um termo escolhido para dar para as barrigas chapadas e saradas. Mas, é preciso saber que não é fácil deixa-la assim de uma hora pra outra, e que dietas radicais só irão afetar o seu organismo e te deixar fraca. O nosso organismo precisa de nutrientes necessários todos os dias, para que o metabolismo consiga trabalhar normalmente, eliminando as gorduras localizadas.

Algumas mulheres tentam de tudo para conseguir uma barriga negativa. Mas, será que é saudável? Podemos dizer que dependendo da maneira que se tenta obter uma barriga negativa, o método pode ser saudável ou não.

Barriga negativa é saudável?

Uma dieta equilibrada deve ter todos os nutrientes. Os principais cuidados são: cortar carboidratos, não ficar muito tempo sem se alimentar, beber bastante liquido durante o dia e evitar o consumo de baixas calorias, o ideal é ingerir uma dieta de 1200 calorias e sempre remanejada, isso irá acelerar os resultados.

Com essa ingestão necessária, todos os dias, você vai precisar gastar em média 500 calorias, que deve ser feita com exercícios aeróbicos de baixa e média intensidade com a durabilidade de aproximadamente uma hora, no mínimo 5 vezes por semana. Tudo sempre com um acompanhamento médico, levando em consideração sua rotina diária e genética.

Com determinação e essas medidas saudáveis, como alimentação adequada e a prática de exercícios aeróbicos regularmente, você poderá conseguir uma barriga negativa de uma maneira saudável. Os especialistas garantem: não há riscos conquistar a barriga negativa, desde que haja um acompanhamento contínuo do perfil hormonal e energético. E aí, vamos começar a malhar?

Remédios Legalizados para Emagrecer

remedio-emagrecer

Conheça os remédios que são legalizados para você emagrecer. (Foto: Divulgação)

É importante lembrar que as pessoas que normalmente devem tomar remédios para emagrecer, são aquelas que são obesas e que por indicação médica precisam tomar os medicamentos necessários para inibir o apetite. Diferente disso, os Remédios Legalizados para Emagrecer precisam ser administrados com cuidado.

Os Remédios para emagrecer devem ser usados somente em pessoas:

  • Com índice de massa corporal de 30 ou mais.
  • Com índice de massa corporal maior que 27 e doença relacionada à obesidade como pressão alta, diabetes tipo 2 ou dislipidemia (quantidade anormal de gordura no sangue).

Se você precisa tomar algum remédio para emagrecer, mas não conhece os remédios que são legalizados e liberados para que sejam administrados, confira abaixo quais são eles e mais detalhes sobre cada um.

Remédios legalizados para emagrecer

Nome genérico

Período de tempo aprovado para uso

Tipo de remédio

Efeitos colaterais mais comuns

Sibutramina

Até 1 ano para adultos

Inibidor de apetite

Elevação da pressão sanguínea e batimento cardíaco

Fentermina

Até 12 semanas para adultos

Inibidor de apetite

Elevação da pressão sanguínea e batimento cardíaco, falto de sono, nervosismo.

Dietilpropiona

Até 12 semanas para adultos

Inibidor de apetite

Tontura, dor de cabeça, falto de sono, nervosismo

Fendimetrazina

Até 12 semanas para adultos

Inibidor de apetite

Falto de sono, nervosismo

Orlistat

Até 1 ano para pessoas acima de 12 anos

Inibidor da lípase (absorção da gordura pelo intestino)

Problemas gastrointestinais como diarréia e fezes oleosas

A maioria dos remédios para emagrecer são aprovados para uso a curto prazo (algumas semanas), porém médicos podem receitá-los para períodos de tempo mais longos. Sibutramina e orlistat (xenical) são os únicos remédios para emagrecer aprovados para uso a longo prazo em pacientes obesos, entretanto sua segurança e eficiência não foram estabelecidas para uso acima de 2 anos.

 

Massagem para Afinar a Cintura

A massagem afina a cintura e ainda mantém a modelagem.

A famosa cinturinha de pilão tão cobiçada pelas mulheres, agora pode ser conquistada por você, as famosas massagens garantem o resultado e você mesmo ai de casa aprende como fazer. Diminuir as medidas e manter uma cintura fina não trás mais gastos.

Simples e rápida, uma massagem redutora feita em casa é capaz de auxiliar na redução das gordurinhas localizadas, enxugando as células adiposas e secando a região de forma saudável e natural. Para isso é necessário realizar os movimentos ao menos uma vez por semana.

Uma dica importante é usar um creme, loção ou gel para massagem, assim sua mão vai deslizar com mais facilidade rendendo totalmente a massagem. Procure cremes que tragam cafeína e algas marinhas para ajudar na redução de ativar a circulação.

Porém como sempre alertamos para conseguir e até mesmo manter o resultado é muito importante manter uma alimentação balanceada, evite gorduras, frituras e excesso de doces, beba pelo menos 2 litros de água por dia e dispense bebidas alcoólicas.

Massagem para Afinar a Cintura: Passo a Passo

-Deve começar com aplicação do creme eliminador de medidas. Ele, inclusive, pode ser aplicado todos os dias, pois possui princípios ativos eficazes para diminuir medidas, como a cafeína e águas marinhas.

-Com as mãos abertas passe o creme na região da cintura com movimentos de cima para baixo. Essa ação enxuga as células de gordura e aumenta o metabolismo local.

-Após passar o cosmético, é comum a pele ficar vermelha e com marquinhas. Isso ocorre devido à formulação do produto, não tenha medo.

-Depois de passar bastante creme na região do abdômen, comece a auto massagem com as duas mãos, sempre com movimentos vigorosos e circulares.

– Em seguida, passe as mãos para toda a região da barriga, garantindo assim os benefícios do produto sobre a cútis.

-Faça também a massagem na região lombar, dessa forma as indesejáveis gordurinhas localizadas atrás do abdômen também tendem a diminuir.

633029-Massagem-para-afinar-a-cintura-passo-a-passo.3-600x600Importante:

– Para potencializar a ação da massagem e deixar seu abdômen ainda mais durinho, exercícios abdominais devem ser feitos semanalmente em quatro séries de 20.

A dica é ir aumentando as repetições para melhorar o aspecto do abdômen.

Confira abaixo um Tutorial do Passo a Passo para Afinar a Cintura:

Mulheres com Excesso de Pelo

Melhore sua aparência e auto estima com tratamentos diversos para diminuir o excesso de pelos. (Foto: Divulgação)

Melhore sua aparência e auto estima com tratamentos diversos para diminuir o excesso de pelos. (Foto: Divulgação)

Ser mulher não é nada fácil, e existem alguns cuidados que devemos ter com a nossa aparência. Algumas possuem maior facilidade e pouco trabalho em relação a aparência, principalmente dos seus pelos, já outras sofrem de um problema chamado de hirsutismo, que são mulheres com excesso de pelo, sendo normalmente mais grossos também.

Mulheres normalmente produzem níveis mais baixos de hormônios (andrógenos). Se seu corpo fabricar uma grande quantidade desse hormônio, você pode apresentar crescimento indesejado de pelos. Na maioria dos casos, a causa exata nunca é identificada. O problema tende a ser hereditário. Em geral, o hirsutismo é uma condição inofensiva. No entanto, muitas mulheres o consideram incômodo, ou mesmo embaraçoso.

Se você possui esse problema que é mais comum do que parece, confira aqui no Mulher Beleza algumas dicas de  diferentes tipos de tratamento para você amenizar, diminuir e até mesmo eliminar de uma vez por todas o excesso de pelos.

Mulheres com excesso de pelo: Tratamentos

  • Se você está acima do peso, a perda de peso pode reduzir o crescimento de pelos.
  • Descolorir ou clarear os pelos pode torná-los menos evidentes.
  • Raspar não aumenta o crescimento dos pelos, mas faz com que pareçam mais grossos.
  • Pinçar ou depilar são relativamente seguros e não são caros. No entanto, podem ser dolorosos e há risco de desenvolvimento de cicatriz, edema e escurecimento da pele.
  • Pode-se utilizar produtos químicos para clareamento dos pelos.
  • A eletrólise utiliza corrente elétrica para danificar permanentemente os folículos capilares individuais de forma que não cresçam novamente. Esse método é caro e múltiplos tratamentos são necessários. Podem ocorrer edema, desenvolvimento de cicatriz e vermelhidão da pele.
  • A remoção a laser dos pelos utiliza o raio laser direcionado para a cor escura (melanina) nos pelos. Esse método é melhor se uma área muito grande precisa ser tratada e apenas se o pelo for especialmente escuro (não funciona em pelos louros ou ruivos).

Aplicação para Varizes

Acabe de uma vez com as varizes através dessas novas aplicações. (Foto: Divulgação)

Acabe de uma vez com as varizes através dessas novas aplicações. (Foto: Divulgação)

Tudo é válido na hora de ficar linda e bem consigo mesma. Claro que quando se trata de cirurgia, é sempre importante verificar se não existem outros recursos que possam nos ajudar a solucionar nossos problemas, como no caso das varizes, problema extremamente comum que afeta grande parte da população. Mas, você já conhece a Aplicação para Varizes?

Muito se tem falado sobre esse tipo de aplicação, que tem se mostrado muito eficaz contra as varizes. Em depoimentos após tratamento, muitas mulheres se dizem satisfeitas com o resultado, alegando que o tratamento além de melhorar com seu problema, ainda auxiliou a melhorar a qualidade de vida e a auto estima.

Saiba aqui e conheça melhor esse tipo de aplicação feito contra as varizes e acabe de uma vez por todas com esse mal tão comum que afeta tanta gente.

Aplicações contra varizes: O que é, como funciona

A aplicação de varizes é um dos tratamentos mais utilizados para a sua eliminação. Cientificamente chamado de escleroterapia a laser ou escleroterapia química, este tratamento é indicado para eliminar as varizes de pequeno e de médio calibre.

O médico cirurgião vascular ou angiologista aplica uma injeção com um líquido esclerosante diretamente nas varizes. Quando utiliza-se a glicose, o resultado é visto dentro de algumas horas, e quando utiliza-se o laser ou a escleroterapia com espuma, os resultados podem ser bem rápidos.

A escleroterapia serve para eliminar desde as micro varizes até as varizes de até 2 mm, sendo muito eficaz e se tornando um ótimo tratamento para quem sofre desse problema. Porém, nem sempre é 100% eficaz, dependendo do tamanho e estágio das varizes, podendo ser preciso recorrer à cirurgia para varizes, por ser mais eficaz.

A aplicação para varizes pode ser realizada 1 vez por semana, e o número de sessões vai depender da quantidade de varizes tratadas. Após as aplicações, recomenda-se não expor-se ao sol para evitar manchas marrons na pele, e usar meias de compressão elástica, tipo Kendall, nas duas pernas durante pelo menos 2 meses após acabar o tratamento. As meias devem ser colocadas no período da manhã, antes do indivíduo levantar-se da cama e só deve ser retirada para o banho e para dormir.